Ecologismos, Individualidades e Futuro.‏

Gabriel Moreira Monteiro Bocchi
*
Ou: Desabafo para um discurso que não me desce.
*
Desde que começou essa mania quase eufórica de “protecionismo ambiental”, mantive-me sempre muito calado e duvidoso frente às “alternativas ambientais” que são indicadas para as “ações individuais”. Os discursos de que “depende de você”, “se você fizer sua parte, o planeta agradece” etc, nunca me ganharam.
Individualmente, acho isso tudo um saco. Plástico.
Realmente não acredito que as ações individuais podem levar à algo além do que uma “pureza de espírito” pessoal; sim, o sujeito separa o lixo, e, pronto, já fiz a minha parte!
*
Segunda feira, assistindo a transmissão do “dia grunge” no SWU, em um intervalo de bandas, a apresentadora chata do canal de TV à Gato foi obrigada a falar sobre questões ambientais, parece que o lema do festival é “sustentabilidade” – só se for dos organizadores e patrocinadores – aliás, que pouca vergonha a Rainequem, famosa por suas garrafinhas verdes não retornáveis, se dizer “amiga do meio ambiente”.
A jovem apresentadora, que usava “alternativo” como adjetivo para tudo que dizia respeito ao Sonic Youth, mostrou uma garrafa d’água – produzida por um dos patrocinadores do festival – que era extremamente ecológica: criada com um plástico menos rígido, após consumir a água bastava amassá-la que ela estava pronta para a reciclagem!
*
E ainda completou: “você se refresca, se hidrata e ajuda o planeta!”.
*
Neste instante, na sala da casa em que cresci, acompanhado de meu pai, desabafei:
Mãe do céu! vem me falar que dobrar garrafinha é ajudar o planeta? Isso não é droga nenhuma! Não muda situação nenhuma! Fazer um festival no meio de um sítio, emitir gases com aviões, caminhões, carros etc, e vem falar que amassar a garrafinha é atitude pra salvar o planeta? Quer salvar o planeta? Pára de produzir plástico! Pára de produzir tudo! Pára de consumir matéria prima!
*
Anúncios

3 responses to this post.

  1. creio que podem fazer o discurso “bonitinho que vai salvar o mundo” o que quiserem, mas não o usar o discurso para vender – pois é isso que eles fazem! e ainda não fazem direito, cometendo todas essas atitudes que você menciona e tem outra ainda pior (que discutimos ano passado): por que não fazem os shows durante o dia para economizar energia? e aí seis horas da tarde, todo mundo para casa!!

    mas não. a lógica é vender.

    o discurso ecologicamente correto é mais uma ferramenta do mercado.

    Responder

  2. Posted by Lina Bocchi on 23 de novembro de 2011 at 11:07 AM

    Gabriel,
    Admiro muito sua crítica e, por trabalhar com meio ambiente há quatro anos, acho que devia fazer um comentário.
    Existe muita propaganda enganosa, sim, o CONAR (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) divulgou recentemente normas éticas para apelos publicitários baseados na sustentabilidade. Dê uma olhada: http://www.conar.org.br/html/noticias/070611.html
    A sustentabilidade pode, e acho que deve, ser utilizada como apelo pelo mercado no sentido de conscientizar. A mudañça no mundo só ocorre se começarmos a mudar nosso quintal, clichê não é? Discurso pronto de burguês? Mas tem que ser assim, a mudança tem que ocorrer no modelo mental das pessoas. sustentabilidade é, primeiramente, a mudança de modelos mentais.
    Isso não exime grandes indústrias e empresas de sua responsabilidade com a sociedade, pois poluem, utilizam mão de obra escrava/infantil, desperdiçam, contaminam, prejucam vizinhanças e ainda negligenciam tudo isso. É muita coisa ao mesmo tempo.
    Obrigada por expor sua opinião com tanta veemência. As pessoas precisam saber “ler” criticamente o mundo a que são expostas, e por não terem essa habilidade (por motivos diversos que gerariam outro texto imenso, e neste eu te ajudo) que tem tanto discurso vazio por aí.
    Um beijo,
    Lina

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: