Fatalidades!

Alex Arbarotti

Nos ultimos tempos não tem sido fácil viver em um mundo cercado de tragédias. Somemte algumas surpresas no cotidiano para dar vida e sabor a isso que chamamos de existência. Poderia falar bastante e um pouco mais sobre as duas fatalidades dessa semana. A primeira sobre a aprovação do código florestal e a segunda do assassinato de José Cláudio Ribeiro e sua esposa Maria do Espirito Santo. E não se iludam pensando que as duas fatalidades estão descoladas, pois não estão.

Mas não vou dizer muita coisa, gostaria de remeter o leitor ao artigo: “Quando o homem morre pela floresta” que relata bem o que aconteceu.

E para dizer algumas palavras eu diria que são Mártires, e a história nos diz que o sangue dos martires são sementes e adubo para o florescimento da causa. (Sobre isso veja “Mística da Terra”). Que a morte desses companheiros não seja em vão e que possamos tremer de indignação com estas brutalidades e sairmos da zona de conforto e de verdade lutar por ações que possam transformar o planeta em um lugar bom de se viver.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: