Bicicletada anti-nuclear!

 

Cassia Lussani

Estando em voga atualmente na mídia os problemas causados pelo uso da energia nuclear, saiu uma matéria pelo Estadão online no último dia 27/03* consultando Perline Noisette, física e engenheira da ONG Sortir du Nucléaire.

Em sua entrevista, a pesquisadora que é ativista contra a falta de segurança nas usinas nucleares, lembra o caso brasileiro do acidente com césio-137 em 1993 dizendo “salta aos olhos a falta de controle no que se refere ao uso e ao descarte desses equipamentos que representam grande risco à saúde humana”.

Esta forma de energia se mostra insegura, uma vez que mesmo com todos os procedimentos de segurança das usinas japonesas, ainda assim não foi o suficiente para garantir a segurança de uma possível descarga de dejetos nucleares no meio-ambiente.

Diante das informações de que os níveis de radioatividade dia a dia aumentam na região de Fukushima, vê-se que as tentativas de diminuir a proporção da catástrofe não surtem efeitos imediatos.

Dentro dessa dinâmica, ao pensarmos o Brasil hoje, que possui duas usinas nucleares, Angra 1 e 2, e que planeja a construção de uma terceira, será que podemos deixar que continuem se desenvolvendo esses projetos que possuem grandes riscos? Não seria mais viável em questão de segurança energias limpas como a eólica e a solar?

Em vista dessa temática latente nos últimos dias, hoje, 29/03, foi publicada na página do Greenpeace Brasil no Facebook** um convite para um ato anti-nuclear a ser realizado em São Paulo, capital. Chamada de “Bicicletada anti-nuclear” a manifestação está prevista para sair domingo, 03 de abril de 2011 às 10:00 em frente ao escritório do Greenpeace, na Rua Alvarenga, 2.331, Butantã. Mais informações na página: http://www.facebook.com/event.php?eid=120199721391468

Participe!

*http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20110327/not_imp697841,0.php

**http://www.facebook.com/GreenpeaceBrasil

Anúncios

One response to this post.

  1. Infelizmente a reflexão – geralmente – só é realizada quando a tragédia já aconteceu. O problema em Fukushima pode acontecer sim no Brasil, apesar de que até hoje não se teve problemas. De qualquer forma, a bicicletada pode servir para discutir novas ideias,criar projetos e fazer estudos sobre outros tipos de energia mais sustentáveis.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: